santa-candida

abrigo-virtual

Edição 419 - MARÇO 2015
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Edição Especial - JANEIRO 2015
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Banner

Pesquisa

Do que nosso bairro mais precisa?
 

twitter-sigaface-siga

siga-nos

AGORA ONLINE

Nós temos 11 visitantes online

Visitas

Visualizações de Conteúdo : 1449037
Fórum é contra proposta da Faep pela prorrogação dos pedágios no Paraná PDF Imprimir E-mail
Escrito por Redação   
Sex, 20 de Março de 2015 17:29

pedagio roubo 7

Em nota á imprensa, o Fórum Nacional do Transporte discorda da proposta do presidente da Faep, Ágide Meneguete, favorável à prorrogação dos contratos de pedágios no Paraná. "Não concordamos com prorrogação de prazo e temos, sim, que pressionar os governos federal e estadual para que as concessionárias cumpram o contrato original, sem mais nenhum um aditivo", diz o coordenador do fórum, Acir Mezzadri

"Que os governos façam cumprir os acórdãos do Tribunal de Contas da União e também do Tribunal de Contas do Paraná que deixam claro que devem ser reduzidas as tarifas de pedágios por terem sido consideradas abusivas". O fórum lembra que houve também a CPI do pedágio a qual o governo deve tomar providências. Entre elas estão: a redução de 25% das tarifas atuais e a fiscalização rigorosa da execução de obras previstas até o final dos contratos pelo DER. 

O fórum propôs ação ordinária que já tramita na Justiça Federal do Paraná, onde busca anular todos os contratos aditivos efetuados durante o governo de Roberto Requião (2003-2010) após o contrato original, o que vedaria qualquer possibilidade de renovação ou prorrogação dos mesmos após seu término, bem como a imediata redução das tarifas de pedágio no Paraná. 

Última atualização em Sex, 20 de Março de 2015 17:29
 
Sonegação no HSBC é dez vezes maior que a Lava Jato PDF Imprimir E-mail
Escrito por Por Gabriel Priolli - M Portal   
Qui, 19 de Março de 2015 16:49

hsbc 4

 

A sonegação dos ricaços brasileiros no HSBC chega a ser dez vezes maior que a corrupção na Lava Jato

Custo da corrupção na Petrobrás, estimado pelo Ministério Público Federal, a partir da Operação Lava-Jato: R$ 2,1 bilhões.
O que provoca: grande escândalo na mídia, comoção nacional, crise institucional, governo paralisado, articulação golpista, sensação de fim de mundo iminente.
Valor dos depósitos de 8.667 ricaços brasileiros no HSBC da Suíça, fugindo à tributação no país e, portanto, desviando recursos públicos: R$ 20 bilhões.
O que provoca: cobertura jornalística pífia, nomes de envolvidos omitidos, silêncio do governo, silêncio do parlamento, silêncio da justiça, desinteresse dos cidadãos, indiferença geral e irrestrita.
Conclusão inescapável: o zelo ético dos brasileiros pode ser no mínimo dez vezes menor que o necessário à pretendida moralização do país.

Desta vez, a denúncia não foi Edward Snowden, foi outra pessoa. Trata-se de Hervé Falciane que entregou as planilhas que havia extraído do escritório de Genebra ao Jornal Le Monde. Verificou-se que existiam 107 mil correntistas entre 2006 e 2007 que possuíam mais de US$ 100 bilhões de dólares em Bancos Suíços.

Muitos deles eram brasileiros e havia muita gente diretamente ligada à Grande Mídia que distorce e manipula informações para colocar o povo brasileiro contra a Presidente Dilma. Vejamos alguns destes nomes:

1. REDE BAND DE TELEVISÃO – João Roberto Saad. O noticiário da Band só dá noticias contra o Governo Federal, favorece protestos, estimula o impeachment e critica sistematicamente a gestão econômica do Governo Dilma. Entre os jornalistas mais a direita encontramos Boris Casoi (Ex-CCC), Fernando Mitre, Antonio Telles, etc.

2. REDE GLOBO DE TELEVISÃO– Lily Carvalho ex-esposa (já falecida) de Roberto Marinho. O noticiário da Globo sob a liderança de William Waack se opõe diretamente ao Governo Federal, favorece protestos, estimula o impeachment e critica sistematicamente a gestão econômica do Governo Dilma. Além de William Waack, outros jornalistas se prestam para este papel tais como Merval Pereira, Sardenberg, Eliana Catanhede, Arnaldo Jabour Etc. e do DIARIO CARIOCA- HORACIIO DE CARVALHO – 750 milhões de dólares

3. REDE SBT DE TELEVISÃO – Carlos Massa (Ratinho) com 12,4 milhões de dólares

4. TV E RADIO TRIBUNA DE PERNAMBUCO – Fernando João Pereira dos Santos com 9,9 milhões de dólares

5. GRUPO FOLHA DE SÃO PAULO – Octavio Frias de Oliveira e Carlos Caldeira Filho conta zerada em 2007

6. GAZETA MERCANTIL – Luiz Fernando Ferreira Levy zerou a conta em 2007

7. GRUPO DE TV VERDES MARES – Yolanda Queiroz, Lenise Queiroz Rocha, Paula Frota Queiroz e Edson Queiroz Filho com 83,9 milhões de dólares

8. REDE TRANSAMERICA – GRUPO ALFA – Aloísio de Andrade Faria com 120, 5 milhões de dólares

9. EDITORA ABRIL – REVISTA VEJA – José Roberto Guzzo conta zerada à época

10. GRUPO JOVEM PAN – Mona Dorf com 310 mil dólares. Fernando Luiz Vieira de Mello (diretor de jornalismo da Rádio Jovem Pan –falecido em 2001.

11. FAMILIA DINES JORNALISTAS INDEPENDENTES –Arnaldo, Alexandre, Débora e Liana com 1,3 milhões de dólares.

 

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 432

jav-separador

         twitter-siga-footerface-footer
Copyright © 2010-2013 Jornal Água Verde. Todos os direitos reservados.
Abrigo Virtual