santa-candida

abrigo-virtual

Edição - DEZEMBRO 2016
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Edição Digital - NOVEMBRO 2016
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Banner

Pesquisa

Do que nosso bairro mais precisa?
 

twitter-sigaface-siga

siga-nos

AGORA ONLINE

Nós temos 52 visitantes online

Visitas

Visualizações de Conteúdo : 2850022
Ministro Teori Zavascki morre em acidente de avião PDF Imprimir E-mail
Escrito por Redação   
Qui, 19 de Janeiro de 2017 18:27

teori 3

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, relator da operação Lava Jato, morreu nesta quinta-feira em um acidente aéreo em Paraty, no Rio de Janeiro, segundo confirmou um de seus filhos.

"Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!", afirmou Francisco Prehn Zavascki em seu perfil no Facebook.

As equipes de resgate confirmaram que a aeronave estava ocupada por quatro pessoas, que três corpos foram localizados e que há um sobrevivente ferido.

O pequeno avião tinha saído do aeroporto Campo de Marte, na cidade de São Paulo, com destino a Paraty, e caiu no mar, a dois quilômetros da pista de aterrissagem. Durante o vôo os passageiros foram surpreendidos por uma tempestade no mar, com muitos raios, o que poderia ter causado a queda do avião. A resposta será dada em breve por técnicos que investigam as causas do acidente.

..............................................................................

NOTA DE PESAR DO GOVERNADOR BETO RICHA
 
"Uma perda inestimável. Todos ficamos chocados. O ministro Teori Zavaski vinha se destacando no Supremo Tribunal Federal pela profundidade e pela maturidade de seus votos e de seus pareceres. Atuava com serenidade e discernimento num momento em que o país tanto precisava. Fará muita falta às nossas instituições. Vamos nos espelhar no ministro Teori Zavaski, no seu exemplo, para superar os desafios que se apresentam. Meus sinceros sentimentos aos familiares e amigos."

..............................................................................

Nota de pesar sobre o falecimento de Teori Zavascki

Os procuradores que integram a força-tarefa Lava Jato na Procuradoria da República no Paraná lamentam o falecimento do magistrado e professor Teori Albino Zavascki, relator da operação no Supremo Tribunal Federal.
 
O ministro Zavascki teve uma trajetória profissional marcada pela lisura e pela seriedade. Sua atuação firme na relatoria da operação honrou o Supremo e foi um louvável serviço prestado ao país.
 

Procuradoria da República no Estado do Paraná

..............................................................................

Nota de pesar
 
A Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais - ANADEF manifesta profundo pesar pelo falecimento do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), após trágico acidente na tarde desta quinta-feira (19).
 
Enquanto ilibado membro da Corte Suprema, Teori Zavascki demonstrou conduta idônea ao arbitrar sobre as mais diversas matérias, representando, nesta data, grande perda para a nação à qual deu tantas contribuições. A ANADEF se solidariza à família do ministro e aos familiares das demais vítimas do acidente e estima seus mais sinceros sentimentos.
 
Brasília, 19 de janeiro de 2017.
 
Michelle Leite
Presidente da ANADEF
 
.........................................................................
 
NOTA DE PESAR
 
A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), com profundo pesar, lamenta a morte do Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, em um trágico acidente aéreo nesta quinta-feira,19.
 
Como relator da Lava Jato, Zavascki vinha conduzindo com exemplar firmeza e seriedade os processos da operação e desempenhando papel decisivo no combate à corrupção no Brasil. Teve também uma trajetória reta e brilhante na magistratura judicial.
 
Que recebam a família, amigos e o STF condolências e solidariedade de todos os procuradores da República. 
 
 
José Robalinho Cavalcanti
Procurador Regional da República
Presidente da ANPR
 
......................................................................
 
Nota de Pesar
 
"Lamento profundamente o falecimento do ministro Teori Zavascki que relatou com tanta seriedade, firmeza e justiça os processos da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. É uma grande perda para a Justiça e para o Brasil."

Pedro Parente
Presidente da Petrobras

 

Última atualização em Sex, 20 de Janeiro de 2017 06:04
 
Responsabilidade afastou Paraná do cenário sombrio, diz Rossoni PDF Imprimir E-mail
Escrito por Imprensa Valdir Rossoni   
Qui, 19 de Janeiro de 2017 18:24

rossoni 5

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni disse hoje que a responsabilidade administrativa afastou o Paraná do cenário sombrio que afeta outros Estados. “Só o fato de cumprir a obrigação de pagar os salários dos servidores em dia já nos deixa numa situação de exceção em meio à crise que ainda persiste no Brasil”, avalia. “Mas não é só isso, avançamos na valorização dos servidores”.

Segundo ele, o fato de o governador Beto Richa ter iniciado 2017 com uma série de medidas que promovem melhorias e valorizam os funcionários estaduais, é motivo de alento e que deve servir de reflexão para os pessimistas. “Em meio a tanta notícia ruim, temos que valorizar nossa situação, que é de equilíbrio, sensatez e responsabilidade administrativa”, afirmou.

Entre os avanços autorizados, Rossoni citou a autorização do governador para equipar a remuneração dos servidores estaduais ao piso salarial do Paraná; a implantação das progressões e promoções de carreira; o reajuste de 18,21% no auxílio transporte dos funcionários; e o pagamento em dia terço de férias dos professores.
“Tudo isso será implantado na folha de janeiro. São compromissos que o governador conseguiu cumprir. Não cansamos de lembrar que tudo isso está sendo possível graças ao ajuste fiscal feito anteriormente”, afirmou o secretário.

Rossoni afirmou que todos os paranaenses estão vendo o que acontece nos demais estados de grande poder econômico. “São situações assustadoras, com reflexos negativos para toda a população”, afirmou. “Desafio alguém a mostrar que, em algum momento, o Paraná esteve perto de passar por isso que estamos assistindo no País.”

Medidas
Equiparação: Nenhum servidor estadual receberá menos que R$ 1.148,40. O salário mínimo nacional é de R$ 937,00. Aproximadamente 8,7 mil funcionários serão beneficiados.
Progressões e promoções: Estão sendo implantadas para os servidores que tiveram direito a elas até dezembro de 2016.
Auxílio-transporte: reajuste de 18,21%. Passa de R$ 131,79 para R$ 155,79. Terão direito mais de 15 mil servidores que recebem até R$ 2.555,34.
1/3 férias dos professores: será pago na folha de janeiro

 

 
BRASIL TEM 5 MIL VEZES MAIS AGROTÓXICO NA ÁGUA DO QUE PAÍSES EUROPEUS PDF Imprimir E-mail
Escrito por Agência Brasil   
Qui, 19 de Janeiro de 2017 15:37

herbicida 1

Pesquisa recente da pesquisadora e professora de Geografia Agrária da USP, Larissa Bombardi, sobre o alto índice de agrotóxicos que consumimos no Brasil e os reflexos para a saúde espantam. Mortes por intoxicação e suicídio são alguns dos casos citados pela especialista em seu trabalho mais recente, que resultará no livro Geografia Sobre o Uso de Agrotóxicos no Brasil.

O estudo, em fase de finalização, reúne os dados sobre os venenos agrícolas em uma sequência cartográfica que dá dimensão complexa a um problema pouco debatido no país. São mais de 60 mapas entre os anos de 2007 a 2014. O Brasil é o campeão mundial no uso de agrotóxicos, posto, até a década passada, ocupado pelos EUA.

“O glifosato, herbicida mais vendido no Brasil, e causador de câncer é 5 mil vezes maior na água potável por aqui do que na União Européia. Inclusive em algumas praças e parques públicos, ele é utilizado para capinar. Há muitas prefeituras utilizando também à beira da estrada. Por que é seguro aqui e não é lá fora? 30% dos agrotóxicos que são usados no Brasil são proibidos na União Européia”, alerta ela sobre a permissividade brasileira em relação a outros países.

Projeto de Lei em São Paulo

O cenário é realmente desesperador, contudo, alguns sinais de mudança começam a aparecer. A Câmara dos Vereadores de São Paulo aprovou, na última semana, o PL 891/2013, que proíbe o uso de agrotóxicos que contenham em sua composição 20 tipos diferentes de princípios ativos. Entre os elementos vetados, está o glifosato.

Conforme descrito no artigo 1o da lei, “ficam proibidos na cidade de São Paulo o uso e a comercialização de agrotóxicos que apresentem em sua composição os seguintes princípios ativos: abamectina, acefato, benomil, carbofurano, cihexatina, endossulfam, forato, fosmete, glifosato, heptacloro, lactofem, lindano, metamidofós, monocrotofós, paraquate, parationa metílica, pentaclorofenol, tiram, triclorfom e qualquer substância do grupo químico dos organoclorados e que tenha sido banida em seu país de origem”.

 

Última atualização em Qui, 19 de Janeiro de 2017 15:37
 
MILITARES DESAPROVAM ATUAÇÃO EM PRESÍDIOS PDF Imprimir E-mail
Escrito por www.sociedademilitar.com.br   
Qui, 19 de Janeiro de 2017 09:09

presidio 8

O anúncio da utilização de militares das Forças Armadas em vistorias de presídios não agradou parte dos militares brasileiros. Mesmo sem anúncio oficial, opinião de porta-voz ou de oficiais da caserna, o site da sociedade militar publicou artigo neste sentido.

Leia a seguir o artigo do site www.sociedademilitar.com.br

“A REVISTA SOCIEDADE MILITAR antecipou na semana passada que o primeiro passo para jogar nos ombros dos militares a crise carcerária já havia sido dado. A MINISTRA presidente do SUPREMO, ao solicitar auxilio das Forças Armadas para uma recontagem de presos, abriu as "portas" para o que certamente viria depois.

Pois é, aconteceu.

Hoje, 17 de janeiro de 2017, o Presidente da República anuncia mais uma carga para os já sobrecarregados e maus pagos ombros dos militares das Forças Armadas, a segurança dos presídios estaduais.

Depois das cenas de terror das últimas semanas, onde se conprovou que há marginais sem qualquer apreço pela vida humana e, pior, que não hesitam em assassinar opositores com requintes de sadismo, como o pouco divulgado ato de "escrever" com corpos a sigla PCC no presídio do Rio Grande do Norte, a presidência da república floreia sua decisão com palavras bonitas – "pioneira e inovadora" – foram os adjetivos utilizados. Contudo, "desesperada" seria um adjetivo que retrataria melhor a determinação.

Militares das FA desde as academias e centros de instrução são preparados para eliminar os inimigos. Aprende-se a identificar o problema e solucionar da melhor e mais rápida forma possível. Atuar dentro de presídios exige uma preparação completamente diferente, com objetivos completamente diversos da atividade dos militares das Forças Armadas e, ressalta-se, com os militares sujeitos a normas e procedimentos completamente diferentes daqueles a que estão normalmente submetidos em seu dia-a-dia.

“Em uma iniciativa inovadora e pioneira, o presidente coloca à disposição dos governos estaduais o apoio das Forças Armadas. A reconhecida capacidade operacional de nossos militares é oferecida aos governadores para ações de cooperação específicas em penitenciárias”, declarou o porta-voz do presidente TEMER, Alexandre Parola.

O MINISTRO Eliseu Padilha, da Casa Civil já avisou que militares das Forças Armadas serão encarregados de realizar revistas em celas.

Os comandantes militares ainda não se manifestaram sobre o assunto. Mas, ninguém espera que coloquem algum obstáculo. Conversamos com colegas do Exército, do Comando Militar do Leste e a informação recebida é de que os militares devem, se realmente usados, se ater à segurança de áreas externas e revistas de celas depois de esvaziadas, mas sem qualquer contato com os detentos. Lamentável”

 

Última atualização em Qui, 19 de Janeiro de 2017 09:12
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 597

jav-separador

         twitter-siga-footerface-footer
Copyright © 2010-2013 Jornal Água Verde. Todos os direitos reservados.
Abrigo Virtual