santa-candida

abrigo-virtual

Edição Digital - ABRIL 2016
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

 

Edição - MAIO 2016
Clique na capa e aguarde o carregamento da página para começar sua leitura.

Banner
Banner

Pesquisa

Do que nosso bairro mais precisa?
 

twitter-sigaface-siga

siga-nos

AGORA ONLINE

Nós temos 34 visitantes online

Visitas

Visualizações de Conteúdo : 2231382
RUBENS PAIVA: “PÁTRIA EDUCADORA VIROU PUTARIA” PDF Imprimir E-mail
Escrito por Brasil 247   
Qui, 26 de Maio de 2016 08:08

alexandre

Jornalista e escritor Marcelo Rubens Paiva comenta o encontro que o ministro da Educação, Mendonça Filho, teve hoje com o ator Alexandre Frota e com o ativista de direita Marcelo Reis, do Revoltados Online; "Pátria educadora virou putaria", publicou no Twitter, em alusão ao slogan do governo do PT, "Pátria Educadora"

247 - O jornalista e escritor Marcelo Rubens Paiva comentou nesta quarta-feira 25 o encontro realizado entre o ministro da Educação, Mendonça Filho, com o ator Alexandre Frota e o ativista de direita Marcelo Reis, líder do Revoltados Online.

"Pátria educadora virou putaria. Afinal, Frota agora está no governo", publicou Rubens Paiva no Twitter, em alusão ao slogan do governo do PT, "Pátria Educadora". "Depois de Frota, Ministro da Educação deveria ouvir a Gretchen", escreveu ainda. 

Frota postou em seu Facebook que foi levar "uma pauta" ao ministro. Em entrevista ao Huffington Post, o ator disse que foi pedir o fim da ideologia política e de gênero nas escolas e dizer que apoia o projeto da escola sem partido, que prevê o fim da "doutrinação de esquerda" nas escolas (leia mais).

 

 
A possível futura Primeira Dama dos Estados Unidos da América PDF Imprimir E-mail
Escrito por Velho Antero do bairro Água Verde   
Qui, 26 de Maio de 2016 08:04

melanie

Com o acirramento da corrida presidencial nos Estados Unidos da América, jornais e revistas norte-americanas começam a publicar fotografias da possível futura Primeira Dama do país, Melanie Trump, do tempo em que ela posava para revistas masculinas e fazia filmes pornôs.

As publicações cairam como uma bomba nas pretensões do bilionário Donald Trump.

trump cara 1

Trump, segundo seus opositores, não passa de um herdeiro fanfarrão e irresponsável. Herdou bilhões e jamais trabalhou. É racista e homofóbico. Promete construir um muro para separar o México dos EUA e impedir a imigração ilegal. Para ele, todos os hispânicos são "ladrões e estupradores".

Donald Trump pode vir a ser o presidente da nação mais poderosa do planeta. Um desastre total para a humanidade. Trump é o produto do capitalismo imperialista norte-americano, onde as indústrias mais lucrativas compram a imprensa, o judiciário e os políticos. E também compra mulheres, porque no final das contas, no capitalismo selvagem não há muita diferença entre prostitutas e magistrados, políticos, imprensa etc...

 

Última atualização em Qui, 26 de Maio de 2016 09:01
 
Governo do Estado trabalha para assentar famílias acampadas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Agência de Notícias do Paraná   
Qui, 26 de Maio de 2016 07:49

beto mst

O governador Beto Richa recebeu nesta quarta-feira (25), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, dirigentes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para discutir uma pauta conjunta sobre as questões fundiárias do Paraná. Ao final do encontro, foi anunciado que o Estado dará suporte ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em uma força-tarefa para assentar as 10 mil famílias que vivem em acampamentos no Estado. 

O assessor especial para Assuntos Fundiários, Hamilton Serighelli, ressaltou que, ao longo dos últimos cinco anos, o Estado vem atendendo as demandas do movimento nas áreas da saúde, educação, cultura, esporte e na produção agropecuária. “Foi uma reunião produtiva e de pacificação. Nunca perdemos de vista a mesa de negociação e o entendimento”, disse Serighelli. “Desde 2011, estabelecemos o programa Paz no Campo. É isso que o governador e movimento querem”, afirmou. Todo o processo que temos é de entendimento e negociação”, ressaltou. 

DIÁLOGO - O Paraná tem hoje 19,2 mil famílias já assentadas. Diego Moreira, da coordenação estadual do MST, destacou que há um balanço positivo da atuação do Governo do Estado nas questões agrárias nos últimos cinco anos. “A reunião foi bastante simbólica, porque restabelece um processo de diálogo na busca, principalmente, do assentamento das 10 mil famílias acampadas no Paraná”, afirmou. “O Governo do Estado se apresenta aberto para o processo de mediação política e o Incra também se compromete a apresentar um plano imediato para assentar essas famílias”, explicou Moreira. 

POTENCIAL - O Paraná tem 66 acampamentos, com cerca de 10 mil famílias. Segundo o superintendente do Incra no Paraná, Newton Bezerra Guedes, que participou do encontro com o governador e o MST, o órgão tem áreas que somam 120 mil hectares, com potencial para assentar essas famílias. “Nós precisamos de um pouco mais de tempo para concluir a obtenção das terras, porque tem processos de compra, desapropriação, dívidas”, disse ele. 

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Cláudio Romanelli, também avaliou o encontro como muito positivo. “O governador recebeu o MST para discutir, pontualmente, tudo o que tem acontecido de positivo e os pontos fora da curva que tivemos nessa relação no último mês”, disse ele. 

“É preciso restabelecer o diálogo e a relação profícua que tivemos nestes últimos anos. De um lado o governo tem que tratar a questão da reintegração de posse em diálogo permanente com a Justiça, que é responsável pelos processos. De outro lado, claro, o apelo foi feito para que não tenhamos novas ocupações no Estado”, explicou. 

Ele explicou que o Incra sinalizou um tratamento especial no Estado no sentido de promover a reforma agrária. “O governador manifestou interesse de conveniar com o Incra para fazer os assentamentos e resolver as questões dos acampamentos”. 

EDUCAÇÃO E SAÚDE - Dentro do projeto Paz no Campo, do Governo do Paraná, foram trabalhadas as ações para a educação dos 11 mil estudantes das escolas itinerantes dos acampamentos e dos 8 mil alunos de colégios estaduais nos assentamentos; e na área da saúde dentro dos assentamentos e acampamentos. 

O governo também tem dado apoio aos festivais de cultura, aos jogos da reforma agrária e às 18 cooperativas dos assentamentos do MST. “Hoje, temos assentamentos exportando seus produtos para a Europa e os Estados Unidos. Isso mostra que a reforma agrária, tendo apoio do governos estadual, federal e municipais, dá resultado e gera renda no campo”, destacou Serighelli. 

PRESENÇAS – Participaram da reunião o diretor do Incra, Leonardo Goes Silva; o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; o procurador do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior; e os deputados estaduais Felipe Francischini e Professor Lemos, além de dirigentes do MST. 

 

 
O responsável pela degradação moral do STF é Gilmar Mendes. Por Paulo Nogueira PDF Imprimir E-mail
Escrito por Diário do Centro do Mundo   
Qua, 25 de Maio de 2016 08:19

gilmar merval 1

Não é uma foto, mas um crime de lesa sociedade: Gilmar com Merval

O responsável pela degradação do STF é Gilmar Mendes, uma das heranças malditas de FHC.

Não que outros ministros não tenham dado sua cota. Mas nenhum juiz fez tanto quanto Gilmar para transformar a maior corte do país num grotesco, despudorado palco político.

É por conta sobretudo de Gilmar que é absolutamente crível a afirmação de Jucá sobre a participação do STF no golpe.

Num mundo menos imperfeito, Gilmar já teria sido enxotado do STF há muitos anos. Mas o Brasil é o que é.

Em algum momento Gilmar simplesmente perdeu a noção, o pudor, o senso do ridículo. E começou a fazer política abertamente.

Ele contou com o silêncio de seus colegas de Supremo, que jamais manifestaram publicamente nenhum desconforto com seu comportamento patológico e indecente.

Contou, também, com o apoio da mídia, que jamais produziu um só editorial que lembrasse aos leitores que emnenhuma sociedade avançada é tolerado um juiz tão descaradamente partidário e parcial quanto ele.

A imprensa, na verdade, se mancomunou com ele. É conhecido o episódio em que, numa reunião de pauta do Jornal Nacional, Bonner fala ao telefone com Gilmar para combinarem pautas.

A reunião estava sendo acompanhada por convidados de fora, e um deles registrou a abjeta parceria entre a Globo, por Bonner, e Gilmar. Não é à toa que Glenn Greenwald escreveu nestes dias no Twitter que já via piadas jornalísticas, mas nenhuma como o Jornal Nacional.

A relação promíscua de Gilmar com a imprensa vem de longe. Você vê no Google fotos dele abraçado, em eventos festivos, a jornalistas patronais como Merval Pereira e Reinaldo Azevedo. Foi Gilmar quem liberou a funcionária da Receita Federal que fora presa depois de ser flagrada tentando fazer sumir o processo que provava a fraude e sonegação da Globo na compra dos direitos de transmissão da Copa de 2002.

stf

Em países não dominados pela plutocracia, a imprensa e a justiça são poderes que se fiscalizam um ao outro. Na pátria de Gilmar e da Globo, os dois poderes se complementam e protegem um ao outro.

Nas sessões do STF relativas ao impeachment, Gilmar jamais perdeu a chance de proferir estridentes discursos contra o PT, mesmo quando eles eram impertinentes.

Por que o PT nunca reivindicou o impeachment de Gilmar diante de seus repetidos descalabros e desafios à lei da magistradura que prevê equidistância pelo menos aparente dos juízes, é um mistério que caberá à posteridade decifrar.

O que desde já se pode dizer é que no futuro, quando o Brasil já não for controlado pela plutocracia predadora de hoje, Gilmar vai servir de exemplo daquilo que não deve ser um juiz.

Com seu palavreado pomposo e envenenado, com seu semblante cínico e debochado de quem confia na impunidade, Gilmar arrastou a imagem do STF para o lodaçal em que ela está enterrada hoje.

Não é um juiz: é uma vergonha nacional.

 .........................................................................................

cunha e gilmar

Afastado, Eduardo Cunha gasta mais de R$ 500 mil da Câmara por mês

Da coluna de Ancelmo Gois:

Os gastos autorizados pela Mesa Diretora com o deputado afastado Eduardo Cunha somam R$ 536.485,63 por mês! 

O levantamento foi feito por técnicos a pedido do PSOL.

 

Última atualização em Qua, 25 de Maio de 2016 08:42
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 464

jav-separador

         twitter-siga-footerface-footer
Copyright © 2010-2013 Jornal Água Verde. Todos os direitos reservados.
Abrigo Virtual